segunda-feira, outubro 12, 2009

sexta-feira, janeiro 02, 2009

Pensamento do dia..... de um dia há 94 anos atrás

“De tanto ver triunfar as nulidades,

de tanto ver crescer as injustiças,

de tanto ver agigantarem os poderes nas mãos dos maus,

o homem chega a desanimar da virtude,

a rir-se da honra,

a ter vergonha de ser honesto.”

Rui Barbosa, 1914

quarta-feira, outubro 15, 2008

Obras de ‘descongestionamento’ da Raposo ainda não têm data para iniciar

Esse é o título de uma matéria publicada no CotiaTodoDia.com.br sobre o que vem sendo feito (ou não) para mitigar os problemas de congestionamento e melhor utilização da Rodovia.

Segue a minha carta enviada para a Redação do CotiaTodoDia:

O DER e o Governo estadual são rápidos em fazer anúncios, propagandas de melhoria e liberar todo tipo de empreendimento ao longo da Rodovia, entretanto, não possuem tal agilidade em tornar tanta propaganda em ações e realizações.

Por outro lado, podem criar a 4a., 5a. ou até a 7a. pista como na Marginal Pinheiros, mas de nada adianta se continuam liberando mais e mais empreendimentos de todo o tipo e tamanho às margens da Rodovia. Não se percorre 500m sem que haja uma entrada e/ou saída para um loja, posto, empresa, rua de baixo fluxo/velocidade, etc.

Rodovia com 87 baias de ônibus em 24 km (aprox. 1 baia a cada 1,8km) é algo que não se faz em nenhuma via de altíssimo fluxo e velocidade. Estes números são compatíveis com a Radial Leste, Av. Nove de Julho ou Santo Amaro. Lembrando que nesses locais a velocidade máxima é de 60km, alto adensamento populacional, e todos possuem corredores de ônibus.

segunda-feira, outubro 13, 2008

Granja Viana está desaparecendo

O título pode parecer extremamente pragmático, mas a Granja Viana está num rápido processo de auto-destruição. Claro que muito do que acontece aqui é reflexo do que passa o país e como as pessoas se respeitam e tratam seus semelhantes.

O verde foi escolhido como o bem no. 1 daqui por seus moradores, e também, é o principal atrativo de venda dos negócios imobiliários da região, entretanto, é o primeiro a ser arrasado sem que ninguém tome qualquer providência.

Muitos vierem e continuam vindo pra cá fugindo da violência e falta de segurança da capital, mas começam a ser frequentes os casos de sequestros-relâmpago, furtos, brigas, imprudência no trânsito, etc.

Muitos se orgulham em dizer aos amigos que moram na Granja Viana, que são Granjeiros, tem lindas e enormes casas, mas quando podem escolher e influenciar os próximos 4 anos de sua tão amada Granja Viana, preferem omitir-se da escolha e responsabilidade votando na Capital e deixando de lado o que teoricamente dão tanto valor.

quarta-feira, setembro 03, 2008

Você é bom em 'TOMAR DECISÕES'? Pense antes de votar

Você é bom em 'TOMAR DECISÕES'?
Um grupo de crianças brinca próximo a duas vias férreas. Uma das vias ainda está em uso e a outra está desativada. Apenas uma criança brinca na via desativada, enquanto que as outras, na via em operação. O trem está vindo e você está exatamente sobre aquele equipamento que pode mudar o trem de uma linha para outra.
Você pode fazer o trem mudar seu curso para a pista desativada e salvar a vida da maioria das crianças. Entretanto, isto significa que a solitária criança que brinca na via desativada será sacrificada.
Você deixaria o trem seguir seu caminho? O que você faria?
RESPOSTA:
A maioria das pessoas escolherá desviar o trem e sacrificar só uma criança. Você pode ter pensado da mesma forma, eu penso.
Exatamente, salvar a vida da maioria das crianças à custa de uma só criança é a decisão mais racional que a maioria das pessoas tomaria, moralmente e emotivamente. Mas, você pensou que a criança que escolheu brincar na via desativada foi a única que tomou a decisão correta de brincar num lugar seguro?
Não obstante, ela tem que ser sacrificada por causa de seus amigos ignorantes que escolheram brincar onde estava o perigo.
Este tipo de dilema acontece ao nosso redor todos os dias. No escritório, na comunidade, na política... E especialmente numa sociedade democrática, a minoria freqüentemente é sacrificada pelo interesse da maioria, não importa quão tola ou ignorante a maioria seja e nem a visão de futuro e o conhecimento da minoria.
Além do mais, se a via tinha sido desativada, provavelmente não era segura. Se você desviou o trem para a outra via, colocou em risco a vida de todos os passageiros. E em sua tentativa de salvar algumas crianças sacrificando apenas uma, você pode acabar sacrificando centenas de pessoas.

Se estamos com nossas vidas cheias de fortes decisões que precisam ser tomadas, nós não podemos esquecer que decisões apressadas nem sempre levam ao lugar certo.
Lembre-se de que o que é correto nem sempre é popular... e o que é popular nem sempre é correto. E que todo o mundo comete erros; foi por isso que inventaram a borracha e o apagador.
'De tanto ver as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra; de tanto ver crescer a injustiça; de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter a vergonha de ser honesto' (Rui Barbosa)
Recebi este texto por um colega, mas não havia a indicação do autor. Meus sinceros agradecimentos ao real autor desta obra, e se enviar seu e-mail, posso identificar o texto imediatamente. Obrigado!

terça-feira, junho 17, 2008

Assai Atacadista - falta de respeito e cidadania


O Assai Atacadista vem mostrando a que veio em nossa região, do ponto de vista da falta de respeito e cidadania.
Como se não bastasse destruir toda a calçada em frente a sua nova loja, e mantê-la assim por mais de 6 meses, ocupando o espaço de pedestres com terra, lama, carros e caminhões, agora é a vez de expandir a falta de respeito para tudo que está ao seu redor.

Há dois dias caminhões ocupam a Estrada do Capuava aguardando talvez a oportunidade de descarregar seus produtos no Atacadista.
Entretanto, a falta de organização e planejamento deste galpão, que parece não ter prevista o desembarque de carga em suas instalações, prejudica os moradores que utilizam a Estrada do Capuava, Estrada do Embú e refletindo também de 500 a 1000 m na Raposo Tavares, sentido interior.
Posted by Picasa

segunda-feira, junho 02, 2008

Comodismo ou descaso?

3 acidentes com caminhões no mesmo lugar em 7 dias. Na última sexta, 30, um novo acidente agora com um caminhão com tomates e novamente a rodovida interditada.

O curioso é que nenhuma autoridade se pronunciou a respeito dos constantes acidentes com caminhões no mesmo ponto da Rodo-avenida Raposo Travares.

E o que chama também muito atenção é que nem a mídia dá atenção para o que acontece na Raposo. Sai uma notinha aqui outra acolá, quando sai.

Leitores deste blog até o momento